CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > LIVE DA CUT VAI DEBATER RETROCESSO NOS DIREITOS HUMANOS NO BRASIL

Live da CUT vai debater retrocesso nos direitos humanos no Brasil

02/12/2021

O evento será no próximo dia 10, data que se celebra o Dia Internacional dos Direitos Humanos

Escrito por: Walber Pinto

 

 

A CUT promove de 06 a 10 de dezembro, das 9h às 12h, o Ciclo de Debates Democracia e Direitos Humanos no Brasil em celebração ao Dia Internacional dos Direitos Humanos que acontece no próximo dia 10. O evento será virtual pela plataforma zoom e apenas as falas dos convidados serão divulgadas em vídeo.
 
Organizado pela Secretaria de Políticas Sociais e Direitos Humanos da CUT, o encontro vai reunir especialistas, professores, pesquisadores, dirigentes sindicais e movimentos populares para debater uma série de violações aos direitos humanos que vem ocorrendo no Brasil desde o golpe contra a presidenta Dilma Rousseff (PT).
 
O seminário da CUT, que vem estudando a origem e o desenvolvimento do bolsonarismo nas suas diferentes vertentes e o retrocesso nos direitos humanos, vai abordar o aumentado da repressão e a perseguição contra ativistas de direitos humanos, sem-teto, quilombolas, jovens da periferia, população negra e LGBTQIA+.
 
Desde a eleição de Jair Bolsonaro (PL), em 2018, o ódio e a intolerância cresceram no país com falas autoritárias do presidente que estimula a violência. Sindicatos já foram perseguidos ou sofreram algum tipo de violência policial. No interior do Brasil, o sindicalismo rural também sofre uma situação muito grave com pistoleiros e fazendeiros armados.
 
Para Jandyra Uehara, secretária nacional de Políticas Sociais e Direitos Humanos da CUT, a semana de debate será importante para aprofundar o conhecimento das organizações sindicais e da classe trabalhadora sobre a ofensiva das direitas no Brasil.
 
“Para combater precisamos entender como pensam, se organizam e agem aqueles que operam para destruir as liberdades democráticas, os direitos humanos e a soberania nacional”, diz a dirigente.
 
Programação
 
Dia 6
 
A abertura da mesa de debate, com o tema “O Estado contra a classe trabalhadora: quando as leis se tornam instrumentos da repressão”, vai contar a participação de Kenarik Boujikian, cofundadora da Associação Juízes para a Democracia e desembargadora TJSP, José Eymard Loguercio, graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela PUC-Campinas, Rui Falcão – Deputado Federal pelo PT SP.
 
Dia 7
 
O tema “Militares e Política: uma análise das Forças Armadas e sua relação com o bolsonarismo” será o debatido pelo jornalista Breno Altman, Suzeley Kalil Mathias formada em Ciências Sociais pela PUC-SP e pelo coronel da reserva Marcelo Pimentel Jorge de Souza.
 
Dia 8
 
A “Bolsonarismo e Milícias: origem e desenvolvimento de uma relação de aliança e cumplicidade” terá Bruno Paes Manso, Doutor em Ciência Política pela PUC-SP, e Luiz Soares, formado em Literatura na PUC-RJ
 
Dia 9
 
O tema que será discutido é a “Força de Segurança Pública e as lutas políticas e sociais: uma análise à luz do período atual” - terá a participação da Dra. Juliana Ribeiro, delegada de Polícia Civil do Estado de São Paulo, Abdael Ambruster, policial penal na Penitenciária Feminina de Santana (PFS), na capital paulista, e Benedito Mariano, sociólogo, mestre em Ciências Sociais, ex-ouvidor da polícia do Estado de São Paulo.
 
Dia 10
 
No último dia, data em que se celebra o Dia Internacional dos Direitos Humanos, o debate será em torno do tema “Desafios da Classe Trabalhadora diante das constantes Violações de Direitos Humanos no governo de Jair Bolsonaro” e contará com Jandyra Uehara, Secretaria de Políticas Sociais e Direitos Humanos da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Claudinei dos Santos, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e da Via Campesina, e Raimundo Bomfim, da Central dos Movimentos Populares (CMP). Cada fala terá duração de 30 minutos.
  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fenascera Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br