CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > 12 DE OUTUBRO – DIA NACIONAL DA LUTA POR CRECHE

12 de outubro – Dia Nacional da luta por creche

10/10/2014

Contracs destaca a luta por creche pública e de qualidade; creches que funcionem o ano inteiro; creches 24 horas e valorização dos profissionais da educação

Escrito por: Contracs

Enquanto o comércio celebra 12 de outubro e motiva aos cidadãos a comprarem presentes e brinquedos aos seus filhos, o movimento sindical adota a data para se lembrar da importância da creche.

12 de outubro é, para o movimento sindical, o Dia Nacional de luta por creche e tem como objetivo reforçar a importância da data para exigir dos poderes públicos a criação de novas vagas para atender às demandas dos trabalhadores e trabalhadoras.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços da CUT (Contracs/CUT) celebra a data há muitos anos e, em 2014, adotou como reivindicação a creche pública e de qualidade; creches que funcionem o ano todo; creches por 24 horas e a valorização dos profissionais da educação.

Creche pública e de qualidade

Para a Contracs, a criação de creches é um dever do Estado, que deve propiciar aos pais e mães trabalhadores condições de continuarem seu labor mesmo depois do nascimento de seus filhos. Para tanto e conforme estabelece o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), as creches devem atender crianças de 0 a 6 anos de forma gratuita e com a qualidade que as crianças merecem para se desenvolver. Além disso, é necessário que as creches tenham vagas suficientes ao número de crianças existente em cada município para que nenhum pai/mãe seja prejudicado. A creche pública e de qualidade é direito dos pais e das crianças e um dever do Estado!

Creches que funcionem o ano todo

Todos os trabalhadores e trabalhadoras brasileiras com certeira assinada têm direito a férias, no entanto, este período é de 30 dias por ano, por isso mesmo que pais e mães se dividam com as responsabilidades com a criança, ainda sim é importante que a creche funcione o ano todo. Somente assim é possível garantir que as crianças continuem assistidas durante todo o ano e que pais e mães possam trabalhar com tranquilidade.

Creches 24 horas

Os trabalhadores e, especialmente as trabalhadoras do ramo do comércio e serviços, sofrem com algumas características do setor, como as extensas jornadas de trabalho e o trabalho aos domingos e feriados. Embora a Contracs seja contra estas características e lute por melhores condições de trabalho, esta é uma realidade da qual não podemos fugir. Por isso, a Contracs reivindica creches que funcionem por 24 horas para que possa atender à demanda de milhares de homens e mulheres que trabalham no ramo e são responsáveis por crianças até 6 anos de idade.

As creches 24 horas poderão acolher pais e mães que trabalham em turnos variados não só no comércio como na área da saúde, educação, vigilância e muitas outras. Para a Contracs, esta é uma bandeira que deve ser reivindicada por diversos setores, pois é uma realidade que está presente na vida de milhões de trabalhadores/as no Brasil. A Contracs defende que nem todas as creches precisem ser 24 horas, no entanto, é preciso estabelecer novos modelos de educação infantil que atendam às necessidades dos trabalhadores/as do ramo e de outras categorias.

Valorização dos profissionais de educação

Um sistema educacional de qualidade passa necessariamente por profissionais do setor da educação bem remunerados e bem qualificados. Por isso, a valorização dos profissionais de educação também se torna, nesta data, uma bandeira de luta para a Contracs e o movimento sindical. Somente com profissionais qualificados, valorizados e bem remunerados teremos uma educação realmente priorizada.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fenascera Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br