CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > NOTA DE REPÚDIO AO DEPUTADO JAIR BOLSONARO: A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NÃO É O MUNDO QUE A GENTE QUER

NOTA DE REPÚDIO AO DEPUTADO JAIR BOLSONARO: A Violência contra a mulher não é o mundo que a gente quer

10/12/2014

Deputado afirmou que não estupraria secretária de direitos humanos porque ela não merece

Escrito por: Contracs

A Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços da CUT – CONTRACS vem por meio desta nota repudiar o discurso proferido nesta terça-feira pelo deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), no Congresso Nacional, durante sessão que tratava dos Direitos Humanos.

Ao verificar que a deputada Maria do Rosário (PT-RS) estava saindo do plenário, após haver discursado em defesa da punição aos militares que cometeram crimes durante a ditadura no País, Bolsonaro irritou-se e disse: Fica aí, Mária do Rosário. Há poucos dias tu me chamou de estuprador no salão verde e eu falei que não iria estuprar você porque você não merece. Fica aqui para ouvir”.

Engajada na Campanha 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres, a CONTRACS entende essa atitude do deputado com uma grave violação dos direitos humanos das mulheres e uma forma de incitar a violência e banalizar o estupro.

Queremos aproveitar a data de hoje, dia 10 de dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos, para reafirmarmos que a violência contra a mulher não faz parte do mundo que desejamos a todos e todas. Atitudes como esta somente contribuem para que a sociedade permaneça igual: promotora de desigualdades, discriminações, machista e violenta.

Sendo assim, a Contracs reitera a necessidade de uma punição por parte da Câmara para o deputado que se posicionou de forma favorável a efetivação de um crime hediondo. Não podemos admitir que opiniões como esta continuem sendo emitidas por políticos sem que nenhuma providência seja tomada.

A Confederação reforça que o papel dos parlamentares e de todo o Congresso Nacional é assegurar direitos e, portanto, não pode permitir que os representantes do povo ajam como se não tivessem nenhum compromisso junto à sociedade.

 

“A violência, seja qual for a maneira como ela se manifesta, é sempre uma derrota.” Jean Paul-Sartre

 

Alci Matos Araujo                                                  Mara Feltes

Presidente                                                              Secretária de Mulheres

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fenascera Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br