CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > CONTRACS ACERTA PARCERIA COM ORGANIZAÇÃO DOS EUA PARA ENFRENTAR REFORMA TRABALHISTA

Contracs acerta parceria com organização dos EUA para enfrentar Reforma Trabalhista

05/07/2018

Aliança com UFCW tem como meta financiar programas de formação sindical

Escrito por: Contracs - Luiz Carvalho


Dirigentes da Contracs (Confederação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços) reuniram-se nessa terça-feira (3) na subsede da entidade, em São Paulo, com representantes da UFCW (United Food & Commercial Workers International Union – Sindicato dos Trabalhadores na Alimentação e Comércio dos EUA) para discutir parcerias de atuação na área sindical.

Estiveram presentes o presidente da confederação, Alci Matos, o secretário de Relações Internacionais, Eliezer Gomes, além do Assessor Sênior de Estratégias Globais da UFCW, Stanley Gacek, e a diretora do Solidarity Center, um dos braços da AFL-CIO, maior central sindical dos Estados Unidos e do Canadá, Jana Silvermann.

O encontro faz parte de um projeto de parcerias internacionais da Contracs visando a construção de um trabalho em comum para a formação política da classe trabalhadora e que já dará os primeiros passos em dezembro com oficinas que abordarão temas como sindicalização e a resistência à Reforma Trabalhista.

Além dessas atividades, a confederação apresentará nos próximos dias um projeto em que colocará as estratégias para programas de formação das bases, filiação e organização no local de trabalho, conforme destaca o presidente Alci Matos.

“Definimos uma estratégia de intercâmbio de experiências para atuar neste cenário de crise econômica e política pelo qual passamos, mas também sindical, ponto aí que unifica o Brasil, do golpista Michel Temer, e os EUA, de Trump. Com essas ações, pretendemos fazer com que nasça um modelo de atuação conjunta que nos permita sair da crise que a classe trabalhadora enfrenta diante de tantos ataques a direitos”, destacou o dirigente.

Para o secretário Eliezer Gomes, a unidade dos trabalhadores é fundamental para enfrentar o modelo unificado de atuação que o capital utiliza.

“O golpe nos leva a unificar forças e aprofundarmos os programas de ação solidária com parceiros internacionais que trazem a experiência de outros países. E nos ajudarão não apenas na resistência, mas também na reconstrução do movimento sindical, mais forte e globalizado para enfrentar o patronato”, avaliou.

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Facebook Twitter Contracs Fecesc Fetrace Fetracom-DF Fetracom-PB Fetracs-RN Conexão Sindical Rede Brasil Atual

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br