CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > PRODUÇÃO É RETOMADA NA FORD, COM EXPECTATIVA DE VENDA DA FÁBRICA

Produção é retomada na Ford, com expectativa de venda da fábrica

02/04/2019

Segundo sindicato, avançou negociação para encerramento dos contratos de trabalho. Notícia de venda para grupo Caoa não foi confirmada oficialmente

Escrito por: Redação Rede Brasil Atual


Depois de 42 dias, a produção na Ford de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, foi retomada, conforme decisão tomada em assembleia diante da fábrica, na manhã desta terça-feira (2). Desde o anúncio de fechamento da unidade, em fevereiro, a produção havia sido interrompida, embora os trabalhadores não tenham decretado greve. Agora, existe expectativa de conclusão da venda. Hoje, o portal UOL afirmou que o grupo Caoa concluiu acordo para adquirir a unidade e continuar produzindo caminhões, mas a informação não foi confirmada oficialmente – a fábrica também produz um modelo do Fiesta.

"Para a fábrica interessa produzir, pois tem compromissos comerciais. De nossa parte, nos interessa que os investidores tenham como conhecer o funcionamento da fábrica, como é o processo de produção e, principalmente, a qualificação dos trabalhadores", afirmou o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, o Wagnão, na assembleia.

De acordo com a entidade, as negociações para encerramento dos contratos de trabalho está avançando – os funcionários seriam recontratados pelo novo empregador. "A Ford precisa pagar um preço pela sua decisão. Temos um acordo que garante a estabilidade até novembro, porém não queremos aguardar até lá. Nós gostaríamos de já em abril realizar uma assembleia trazendo uma boa notícia", acrescentou Wagnão.

A partir de agora, a produção será mantida durante dois dias na semana – um a menos em relação ao período anterior ao anúncio de fechamento. Até que a fábrica feche definitivamente, deverão ser produzidos 1.700 veículos Fiesta e 843 caminhões.

Segundo o coordenador do Comitê Sindical, José Quixabeira de Anchieta, o Paraíba, o pagamento de participação nos lucros ou resultados (PLR) está garantido neste ano. A negociação em curso inclui itens como data-base e indenizações. "Estamos num caminho positivo. Não tínhamos luz no fim do túnel, mas já começa a aparecer a possibilidade de dar certo. Falta pouco para fechar os pontos desse pacote de negociação e colocar em votação com vocês numa futura assembleia."

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fenascera Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br