CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > BRASIL BATE RECORDE DE CASOS DE COVID-19 EM 24H E ONZE ESTADOS ESTÃO EM ALERTA

Brasil bate recorde de casos de Covid-19 em 24h e onze estados estão em alerta

24/07/2020

Em alerta, Amapá, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Roraima, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Tocantins têm alta de casos do novo coronavírus

Escrito por: Redação CUT

O Brasil bateu recorde de notificações de casos confirmados do novo coronavírus, com 67.860 diagnósticos em 24 horas. Foi o maior número em um dia só, superando os 55.209 casos divulgado em 19 de junho. Com isso, o total de infectados desde o início da pandemia no país, em março, chegou a 2.227.514.

Em onze estados o novo coronavírus segue em alta em seis deles está em queda. Em aceleração estão os casos registrados no Amapá, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Roraima, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Tocantins. Estão estáveis os números registrados na Bahia, no Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Sergipe e São Paulo.

Covid-19 no mundo

O mundo registra a marca de 15 milhões de pessoas infectadas pela doença, nesta quarta-feira (22), de acordo com a Universidade Johns Hopkins, instituição norte-americana que atualiza em tempo real os dados da doença.

Os Estados Unidos é o mais afetado pela pandemia, com 3.915.780 casos (cerca de 26% do total registrado no mundo). Na sequência, vêm o Brasil com 2,2 milhões; a Índia, com 1,1 milhão; a Rússia, com 787 mil; e a África do Sul, com 381 mil registros da doença.

Brasil continua com ritmo acelerado de casos em algumas regiões

Nas últimas 24 horas, o Ministério da Saúde informou, nesta quarta-feira (22), que 1.284 brasileiros foram vítimas da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, levando o total de óbitos para 82. 771 mil. Sul, Centro-Oeste e Norte do país registraram os maiores números de mortes por Covid-19 nesta quarta-feira (22).

Cerca de 52% das vítimas da doença são do Sul, Centro-Oeste foi 19% e do Norte com 21%. O Nordeste teve queda, com 19%. Com oscilação de 2%, o Sudeste se manteve estável.

São Paulo tem recorde de casos

Estado mais afetado pela pandemia do novo coronavírus no país, São Paulo registrou recorde de novos casos confirmados de Covid-19 nesta quarta-feira (22), com 16.777 confirmações da doença em 24h.

O total de caso desde o início da pandemia chegou a 439.446 casos em todo o estado. Foram confirmadas 361 novas mortes por Covid-19, elevando o total para 20.532 óbitos.

Sobre a alta de casos, o governo de São Paulo afirmou o aumento é puxado pelo interior do estado, e também que está dentro das projeções realizadas pela gestão do governador João Doria (PSDB), porém, infectologistas criticam a flexibilização gradual da quarentena em várias regiões do estado.

Minas Gerais

De acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Minas Gerais parece ter entrado no platô, mas mesmo depois de atingir o ponto alto da curva, deve seguir com padrão alto de casos, na mesma média, por algum tempo. A preocupação agora se volta para o interior do estado.

Nesta quarta-feira (22), o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Gilson Soares Lemes, suspendeu a decisão liminar que autorizava a reabertura de bares, restaurantes e lanchonetes em Belo Horizonte.

A ação foi apresentada pela prefeitura de BH, que alegou necessidade de conter o avanço do novo coronavírus. A prefeitura divulgou em boletim que o número de novos infectados na capital segue em patamar elevado.

Em todo estado, já são 102.568 casos confirmados da doença – 2.238 mineiros acabaram morrendo por causa da Covid-19. Foram 72 óbitos a mais em 24 horas. Outras 125 mortes seguem em investigação.

Pernambuco tem queda

Já Pernambuco tem uma média diária de 981 casos de coronavírus, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Esse número é 13% menor que o registrado no dia 14 de julho, quando esse índice era de 1.061 casos por dia.

A média de mortes foi de 53 confirmações por dia, também com 13% de queda. A média do dia 14 de julho era de 69. É uma queda continua há mais de dois meses no estado.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fenascera Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br