CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > TAXA DE DESEMPREGO SOBE PARA 13,3% E ATINGE 12,8 MILHÕES DE TRABALHADORES

Taxa de desemprego sobe para 13,3% e atinge 12,8 milhões de trabalhadores

07/08/2020

Quase 9 milhões de trabalhadores perderam o emprego só no segundo semestre, período em que vigoraram medidas mais severas para conter a disseminação do novo coronavírus

Escrito por: Redação CUT

A taxa de desemprego subiu para 13,3% no trimestre móvel referente aos meses de abril a junho de 2020 e atinge 12,8 milhões de trabalhadores e trabalhadoras, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad - Contínua), divulgados nesta quinta-feira (6) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Só no segundo semestre deste ano, período em que vigoraram medidas mais severas de isolamento social para conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19), quase nove milhões de pessoas perderam o emprego. Entre abril e junho, o número de pessoas ocupadas caiu 9,6% em relação ao trimestre anterior, o que representa 8,876 milhões a menos trabalhando. É a maior redução desde o início da série histórica, em 2012.

A população subutilizada, de 31,9 milhões de pessoas (29,1%), bateu mais um recorde na série, crescendo 15,7% (4,3 milhões pessoas a mais) frente ao trimestre anterior (27,6 milhões).

Outro recorde foi o de população desalentada que atinge 5,7 milhões de pessoas, alta de 19,1% (mais 913 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior.

A taxa de informalidade foi de 36,9% da população ocupada, ou 30,8 milhões de trabalhadores informais, a menor da série, iniciada em 2016. No trimestre anterior, a taxa havia sido 39,9%.

O número de trabalhadores com carteira de trabalho assinada no setor privado caiu para 30,2 milhões, menor nível da série, 8,9% abaixo do trimestre anterior (menos 2,9 milhões).

O número de trabalhadores sem carteira assinada no setor privado (8,6 milhões de pessoas) também chegou ao menor nível, com queda de 2,4 milhões de pessoas (-21,6%) frente ao trimestre anterior.

O número de trabalhadores por conta própria caiu para 21,7 milhões de pessoas, uma redução de 10,3% se comparado tanto ao trimestre anterior.

A categoria dos trabalhadores domésticos (4,7 milhões de pessoas) chegou ao menor nível da série, com quedas recordes em comparação ao trimestre anterior de -21,0%.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fenascera Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br