CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > CARREFOUR ASSEDIA PROMOTORES DE VENDA

Carrefour assedia promotores de venda

01/01/2011

Escrito por:

O Sindicato dos Promotores e Demonstradores do Estado de São Paulo está denunciando a rede de supermercados Carrefour por desvio de função e cárcere privado.

De acordo com o sindicato, o Carrefour está usando os promotores de venda para fazer balanço para o supermercado sob ameaça de expulsão dos trabalhadores de suas lojas. Esta situação tem colocado os promotores em situação delicada, pois eles podem até perder o emprego.

A situação foi denunciada ao SindProDem por diversos promotores de vendas de várias empresas e tem se repetido sistematicamente. As lojas em que mais ocorre o problema são Giovani Gronchi, Interlagos e Imigrantes.

Em outubro, a empresa e o sindicato sentaram oficialmente perante a Superintendência Regional do Trabalho em São Paulo – Comissão de igualdades de oportunidades de gênero, raça e etnia, de pessoas com deficiência e de combate à discriminação para tentar resolver o problema.

Ficou decidido na audiência (Processo nº 47940 – 00086/2010) que a empresa ficou encarregada de fazer o levantamento das situações apontadas nas lojas localizadas em São Paulo e na Grande São Paulo. A empresa voltará à mesa de entendimento no final do mês para solucionar os problemas.

Reincidência
Mesmo depois da audiência, promotores de vendas ficaram preso na loja do Carrefour Interlagos para fazer o balanço do dia 29 de outubro até às 8h do dia 30. Os trabalhadores foram obrigados pelo gerente de setor de mercearia Francisco a permanecer na loja.

O SindProDem considera tais atitudes um verdadeiro abuso, pois tais atos são considerados desvio de função do promotor, que não é empregado do Carrefour e não deveria desempenhar estas tarefas. Além disso, o SindProDem classifica tais atitudes como cárcere privado por proibir a saída dos trabalhadores do estabelecimento.

Escrito por Adriana Franco

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br