CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > MULHER, ROMPENDO O PRECONCEITO E ASSUMINDO O PODER

Mulher, rompendo o preconceito e assumindo o poder

01/01/2011

Escrito por:

É notório o quanto as mulheres têm conseguido alcançar bjetivos e conquistar espaços no mercado de trabalho. Mas essas mudanças ainda não são fáceis de se fazer. Ainda passamos por muitas situações de preconceito, seja em casa ou no trabalho. Muitas vezes somos impedidas de ocupar um espaço porque a sociedade insiste na idéia de que contratar uma mulher é ter problema futuro, pois, além de profissionais, somos mães, esposas e donas de casa. Mas acima disso tudo, somos mulheres.

Porque podemos engravidar, porque vez ou outra temos que levar um filho ao médico, ou porque ainda cuidamos de um familiar doente. Sabemos lidar com o que nos é imposto e damos conta, sabemos lidar com as situações e separar as coisas.

Nossa vida pessoal não atrapalha nossa ascensão profissional. Mais ainda, temos o direito de decidir sobre nosso corpo e nossa vida, e não podemos deixar que ninguém nos tire esse direito.

Ao longo dos anos temos saído vitoriosas de nossas lutas. Temos mostrado quem somos, o que queremos e a que viemos.

Essas vitórias ainda vêm com superação de muitas dificuldades. Uma delas é a mulher ter de provar que é capaz de exercer atividades tidas como de maior responsabilidade, ter de provar que não é capaz de realizar apenas tarefas burocráticas, historicamente delegadas a nós, mulheres, com aquela história de que nós ficávamos por de trás dos bastidores, organizando a papelada, enquanto as decisões maiores e importantes eram tomadas por “outros”.

Mesmo sem a necessidade de ter de provar nada, porque existe o princípio da igualdade, ainda somos obrigadas a passar por avaliações de capacidade.

Cada dia mais estamos nos situando, estamos alcançando os objetivos e as metas que traçamos. Estamos ocupando espaços, decidindo, puxando o debate e mostrando que podemos transformar a sociedade que tanto é preconceituosa, que tanto desrespeita, que tanto se omite.

Por meio da nossa luta, toda a sociedade é beneficiada, toda a sociedade sai vitoriosa. Nossas conquistas são para todos, não só para as mulheres. Estamos mais conscientes das condições que nos são impostas, e com muita garra e luta temos saído vitoriosas.

Alcançamos o posto mais alto do escalão político, a Presidência da República, com a companheira Dilma Rousseff, e estamos buscando nosso espaço nos locais de trabalho. Estamos participando dos espaços de decisão e sendo parte fundamental desses.

Consciência, mulheres. A sociedade precisa entender que nosso dia não é só em 8 de março, mas sim todos os dias do ano. Pois sabemos fazer a diferença.

Escrito por Jemima Jayra - Diretora do Sindicomerciáros ES / Contracs

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br