CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > CUT REALIZA OFICINA DO TRABALHO DECENTE EM PERNAMBUCO

CUT realiza Oficina do Trabalho Decente em Pernambuco

01/01/2011

Escrito por:

Central prepara militância para intervenção nas etapas municipais e estaduais da Conferência Nacional de Trabalho Decente

Foi aberta nesta quarta-feira (4), às 10h, no Recife Praia Hotel, bairro do Pina/Recife, a Oficina Regional 2:Trabalho Decente na Estratégia da CUT. As secretarias de Relações do Trabalho e de Formação da CUT Nacional estão coordenando o encontro, que terminou nesta quinta-feira (5) e contou com as participações de representações sindicais de Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Sergipe e Bahia.

O objetivo das oficinas é qualificar a intervenção da CUT na I Conferência Nacional de Trabalho Decente, que acontece em maio de 2012, e nas demais conferências previstas pra este ano, como Mulheres, Juventude, Racial, entre outras.

Basicamente, a oficina visou organizar a militância CUTista para participar das etapas municipais e estaduais, com propostas que possam garantir avanços nas políticas públicas, em especial, às relacionadas ao mundo do trabalho. Em cada uma das oficinas foi lançada a Cartilha “Trabalho Decente na Estratégia da CUT”, material produzido pela Central que servirá de subsídios ao debate, e que foi elaborada com base nas propostas contidas na Plataforma da CUT para as eleições 2010.

Ampliar espaços
Os secretários Relações do Trabalho, Messias Melo, e de Políticas Sociais, Expedito Solaney, da CUT Nacional, além do secretário de Relações do Trabalho da CUT-PE, Augusto César e do coordenador da Escola Nordeste da CUT, Admirson Medeiros, fizeram parte da mesa de abertura. Em suas intervenções, enfatizaram a necessidade de ampliar as discussões, com propostas e ações multiplicadoras. Mas, afirmaram que para garantir avanços é preciso atuar na definição dos rumos das conferências estaduais, qualificar as participações, mobilizar as bases cutistas e assegurar espaços entre as entidades sindicais cutistas e a sociedade.

Messias Melo ressaltou a importância de socializar o conjunto de informações e em seguida apresentou conceitos de Trabalho Decente pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) – oportunidade de trabalho produtivo, trabalho em condições de liberdade, trabalho em condições de equidade, trabalho em condições de segurança, trabalho em condições de dignidade; além de diretrizes para a construção de indicadores, entre outros temas inseridos na cartilha produzida pela Central.

Estratégia
O sindicalista fez questão de lembrar a Jornada pelo Desenvolvimento iniciada em 2007 e a Plataforma da CUT de 2010, com dois eixos principais: o combate à precarização do trabalho e o resgate do valor social do trabalho, e a democratização das relações do trabalho. Segundo ele, a opção estratégica para este ano é desenvolver uma ação unificada envolvendo todos os segmentos e instâncias da CUT. “A estratégia é organizar e orientar a ação para atingir objetivos e, ao mesmo tempo, construindo políticas públicas e de instrumentos legais, visando a valorização do trabalho, com a democratização de suas relações”, acentuou.

Expedito Solaney observou que emcada uma das oficinas está sendo lançada a Cartilha “Trabalho Decente na Estratégia da CUT”, material produzido pela Central que servirá de subsídios ao debate, e que foi elaborada com base nas propostas contidas na Plataforma da CUT para as eleições 2010. “O momento é oportuno para discutirmos essa pauta que inclui liberdade sindical, distribuição de renda, empregos de qualidade, valorização do trabalho, erradicação do trabalho escravo e do trabalho infantil, reforma agrária, entre outras questões que estão na ordem do dia”, comentou.

Prioridades
No horário da tarde, os participantes aprofundaram os debates sobre a I Conferência Nacional de Emprego e Trabalho Decente, seus objetivos e a agenda nacional; temas e polêmicas que serão alvos de disputa; identificaram principais temas e prioridades; debateram sobre a mobilização da militância para participar de todas as etapas das conferências - municipal, estadual e nacional.

No último dia, a Oficina Regional 2: Trabalho Decente na Estratégia da CUT prosseguiu em dois horários (manhã e tarde), abrangendo temas sobre funcionamento das conferências, compromissos da direções estaduais cutistas, intervenções, planejamento, orientações e esclarecimentos para o trabalho de grupo, mobilização, comunicação e formação. Os trabalhos foram encerrados às 18h, com impressões e avaliação dos grupos, identificação de elementos para reforçar a qualidade e compromisso de ação.
 
Vale lembrar que as oficinas trazem como conteúdo o conceito de trabalho decente e a sua relação com a estratégia da CUT e com a Plataforma; temas transversais do Trabalho Decente e as políticas setoriais da CUT; o Trabalho Decente nas demais conferências nacionais; organização da intervenção nas Conferências.

Fonte: Escrito por: CUT-PE / Chico Carlos

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br