CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > 19% DOS INTERNAUTAS NO BRASIL FAZEM COMPRAS ONLINE

19% dos internautas no Brasil fazem compras online

01/01/2011

Escrito por:

Comunicado do Ipea traçou o perfil do comércio eletrônico no país

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou nesta quinta-feira, dia 02, o Comunicado nº 95 - Vendas Online no Brasil: Uma Análise do Perfil dos Usuários e da Oferta pelo Setor de Comércio. O estudo, apresentado pelo técnico de planejamento e pesquisa Luís Cláudio Kubota, usou dados da pesquisa TIC Domicílios 2009 (Comitê Gestor da Internet) e da Pesquisa Anual de Comércio (IBGE) para traçar um perfil do comércio eletrônico brasileiro.

A TIC Domicílios 2009 revelou que 19% dos 73 milhões de internautas brasileiros utilizam os serviços de vendas online, o que representa 14,1 milhões de compradores pela internet. O maior nível de utilização é encontrado entre os usuários homens (22%), com ensino superior (41%), das classes A (59%) e B (33%). As conclusões da análise do Ipea indicam que os internautas que acessam computadores em casa ou no trabalho tem maior propensão a realizar compras online.

“O crescimento das classes C e D tem sido importante, mas não basta apenas ter o acesso em lan house ou telecentro. É preciso levar até a casa das pessoas, por que isso aumentaria o uso de tecnologias como o comércio eletrônico e o ensino à distância. As pessoas não se sentem seguras em, por exemplo, usar o cartão de crédito nos computadores públicos”, explicou Kubota.

Outro dado que chamou a atenção dos pesquisadores foi a pouca influência das redes sociais na probabilidade de um usuário consumir bens e serviços pela internet. “A princípio, por ser um aplicativo que disponibiliza uma quantidade considerável de propagandas, esperar-se-ia que houvesse efeito positivo. Entretanto, a ausência de significância estatística pode estar relacionada com a predominância de jovens. Quanto mais jovem um indivíduo menor é a probabilidade de consumo na internet”, analisa o estudo.

Com base em dados do IBGE, os técnicos do Ipea indicaram que, apesar do crescimento expressivo do comércio eletrônico nos últimos anos, o número de empresas que fazem vendas online é ainda muito pequeno. Entre 2003 e 2008, a quantidade de varejistas que vendiam pela internet passou de 1.305 para 4.818. Os quase cinco mil estabelecimentos significam, porém, 0,4% do total de empresas do setor.

O estudo aponta também que a adoção do comércio eletrônico tem aumentado a produtividade do varejo brasileiro. “A implantação desse tipo de inovação propicia redução de custos de transação, mas, por outro lado, exige que as empresas reorganizem sua cadeia de suprimentos, sua estrutura de tecnologia de informação e possuam pessoal qualificado. Essas melhorias poderiam ser alvo de políticas públicas de incentivo”, afirma o texto do comunicado.

Fonte: IPEA

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br