CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > DIA DE CONGRESSO ENTRA PARA A HISTÓRIA DO MOVIMENTO SINDICAL CUTISTA

Dia de Congresso entra para a História do movimento sindical cutista

01/01/2011

Escrito por:

Dia histórico para a CONTRACS / CUT. O tão esperado reconhecimento legal da CONTRACS finalmente foi assinado pelo Ministro do Trabalho e Emprego (MTE), Carlos Lupi, e publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (9/11), quando aconteciam as atividades do segundo dia do 8º Congresso da CONTRACS.

A oficialização da entidade só foi possível depois que o MTE editou uma portaria regulamentando a criação de entidades sindicais de segundo (federações) e terceiro graus (confederações). A Portaria 186 acabou com a unicidade sindical no segundo e terceiros graus e autorizou a existência de federações e confederações de trabalhadores de cada central sindical.

Antes de requerer o registro da entidade, a diretoria da CONTRACS cumpriu todos os requisitos da Portaria, que determina, entre outras coisas, que, para criar uma federação os trabalhadores precisam ter cinco sindicatos filiados, mesmo que não estejam no mesmo Estado da federação. E, para criar uma confederação, é preciso filiar três federações. Todos os sindicatos têm de ter, obrigatoriamente, registro no MTE. Além disso, cada sindicato tem de fazer assembleia de fundação da federação. E as três federações, por sua vez, têm de realizar assembleias para aprovar a fundação de sua confederação.

O anúncio do tão esperado reconhecimento foi feito pela presidenta da CONTRACS, Lucilene Binsfeld, na mesa de Organização Sindical, pela manhã, causando grande comoção dos que estavam presentes.

“Foi uma grande conquista. No final do meu primeiro mandato, entramos com o pedido de ratificação. E agora, terminando o meu segundo mandato, conseguimos o reconhecimento. A vitória é de todos nós. Com o reconhecimento, a CONTRACS poderá representar juridicamente todos os trabalhadores e trabalhadoras do ramo”, disse a presidenta.

Trabalhos de grupo

À tarde, delegados, observadores e convidados se dividiram em grupos de maneira aleatória, para debater as resoluções do Caderno de Texto deste Congresso.

O momento é muito importante para a CONTRACS / CUT e um dos mais reflexivos do Congresso, pois é quando os delegados e delegadas discutem novas estratégias de luta para o novo mandato. Temas como Juventude, Trabalhador Doméstico, Mulher Trabalhadora, Saúde do Trabalhador, Política Organizativa da Confederação, dentro outros tão relevantes ao trabalhador do comércio e dos serviços.

Divididos em quatro grupos, em salas separadas, companheiros e companheiras fizeram emendas e rejeitaram itens da resolução. Os grupos 1 e 3 debateram sobre balanço e projeto organizativo; já os grupos 2 e 4 analisaram as deliberações para estratégia e planos de lutas.

Luiz Eduardo de Freitas, dirigente do Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro e Similares de Campos de Jordão (Sechotel) e sindicalista há oito anos, marcou presença como observador e preferiu circular por todas as quatro salas de debates em grupo.

“Prefiro circular para ver como andam os debates, gosto de ver as propostas. Reparei que os desgastes dos trabalhadores no local de trabalho estão sendo muito debatidos. Mas acho que o caderno de texto está bem encaminhado”, comentou Freitas.

Após o encerramento dos trabalhos de grupo, o clima era de satisfação pelas diretrizes tomadas.

“Foi muito participativo. Foram formuladas várias composições junto ás questões propostas. O fortalecimento da CONTRACS, na minha opinião, é o tema mais importante. Por isso, estou muito contente com a notícia sobre o reconhecimento legal da CONTRACS”, analisou a comerciária de Teresina, Piauí, Maria do Rosário Assunção, que participa do Congresso como delegada.

Escrito por Patrícia Ferreira, com informações da CUT Nacional

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fenascera Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br