CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > SINDICATO DOS COMERCIÁRIOS DE PORTO VELHO AGORA É DA CUT

Sindicato dos Comerciários de Porto Velho agora é da CUT

01/01/2011

Escrito por:

Antes de o ano terminar, mais uma vitória. O Sindicato dos Comerciários de Porto Velho, capital de Rondônia, agora é da CUT. Após três meses de indefinição da eleição, que aconteceu em 1º de setembro, o resultado: 75% dos votos para a Chapa 2, da oposição, apoiada pela CUT e pela CONTRACS, contra a Chapa 1, da União Geral dos Trabalhadores (UGT).

O processo eleitoral estava interrompido porque a Chapa 2 havia denunciado a indicação de membro da Chapa 1 para participar da comissão eleitoral ou da composição das mesas coletoras de voto. Por outro lado, ao ver a possível vitória da Chapa 2, a Chapa 1 recorreu à falsa alegação de suspeita de fraude.

Desse modo, a oposição acionou o Ministério Público do Trabalho (MPT) para a contagem dos votos. No dia 13/12, enfim, os votos foram contados e a oposição venceu. Para o 1º secretário da nova diretoria, Antônio Carlos Freire, agora começa uma nova e mais digna fase para os comerciários de Porto Velho.

“Desde a fundação, o sindicato não obteve conquistas, o que veio desestimulando muito os trabalhadores e trabalhadoras. Vai começar a funcionar agora. Eles não tinham hábito de fazer nem assembleia, para se ter uma ideia”, disse.

Freire considera a vitória da Chapa 2 o resultado de um trabalho de muito diálogo com a base, conscientizando os trabalhadores comerciários quanto aos reais direitos, contando com os apoios da CONTRACS e da CUT.

Há 27 anos na direção do SINDECOM, a Chapa 1 era conhecida por atender mais às necessidades dos patrões do que as dos trabalhadores. Por isso, há dois anos a oposição surgiu, com propostas de trabalho decente para a categoria, que em Porto Velho estava muito insatisfeita, fato comprovado pelo número baixo de associados: menos de 300 comerciários dentre os 16 mil existentes na cidade.

O primeiro passo agora é montar uma creche para os pais e mães comerciários deixarem seus filhos enquanto trabalham. Assistência médica, banco de empregos, salários dignos e fim do trabalho aos domingos são algumas das bandeiras de luta.

“A nova diretoria do SINDECOM é formada por trabalhadores que querem reivindicar melhores condições de trabalho para todos e todas da categoria. Estamos abertos ao diálogo e ao debate sobre benefícios e formas decentes de trabalho”, afirma Freire.

Para o presidente do sindicato, René Nogueira, o foco está no interesso do trabalhador.

“Nossa meta é aumentar muito o número de filiados. A creche já está acertada com a prefeitura local, que é do Partido dos Trabalhadores (PT). Pegamos um sindicato sucateado, sem dinheiro no caixa, devendo funcionários. Temos muito trabalho pela frente”, analisa Nogueira.

Escrito por Patricia Ferreira

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fenascera Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br