CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > EM NOVE ANOS, PODER AQUISITIVO EM SÃO PAULO CRESCE MENOS QUE A MÉDIA NACIONAL

Em nove anos, poder aquisitivo em São Paulo cresce menos que a média nacional

01/01/2011

Escrito por:

Paulista ainda tem renda maior, mas começa a ver mais perto a possibilidade de perder o posto para as demais regiões do país

São Paulo – Apesar de manter-se à frente da média nacional, o crescimento do poder aquisitivo da população do estado de São Paulo foi inferior ao do país no período de 2001 a 2009. A renda per capita do paulista em 2001 era de R$ 738,20 e atingiu R$ 806,90 em 2009, o que representou um aumento de 9,3%. Já a média nacional em igual período subiu 23,5%, de R$ 511,50 para R$ 631,70.

"Com esse aumento de 9,3% ao longo do período, o estado apresentou crescimento muito aquém da média nacional", diz estudo divulgado nesta terça-feira (24) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que comparou indicadores sociais dos estados com médias nacionais e regionais.

Índices relacionados a trabalho e renda foram os que mais sinalizaram diferenças negativa de São Paulo em relação às médias do Brasil e de toda a região Sudeste. A taxa de desemprego está entre elas. Em 2001, os desempregados em São Paulo representavam 10,8% da população economicamente ativa, ante 9,3% em 2009. No Brasil, o índice de 9,2% em 2001 foi para 8,2% em 2009. Já no Sudeste, a taxa passou de 10,5% para 8,6%.

Quanto à remuneração do trabalhador, de acordo com o Ipea, São Paulo ainda lidera a média nacional e regional, mas registra queda de 6,8% no período: de R$ 1.450 em 2001 para R$ 1.362 em 2009. Em nível nacional e na região geográfica, o valor teve ligeiras altas: no Brasil, a média subiu de R$ 1.039,41 para R$ 1.116,39, enquanto no Sudeste foi de R$ 1.250 para R$ 1.264.

Fonte: Rede Brasil Atual / Virginia Toledo

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fenascera Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br