CONTRACS > LISTAR NOTÍCIAS > VIOLÊNCIA DOMÉSTICA LIDERA ENTRE AS DENÚNCIAS EM TERESINA

Violência doméstica lidera entre as denúncias em Teresina

01/01/2011

Escrito por:

A violência doméstica ainda ocupa o primeiro lugar entre as denúncias que chegam à Delegacia Especializada de Atendimento e Proteção ao Idoso de Teresina.

Quase um terço delas resultam de ameaças, agressões por parte de alguém da família, normalmente filhos ou netos. Também é comum o en-volvimento com drogas por par-te do agressor. Muitos casos semelhantes ao exemplo citado estão incluídos no Balanço de Ocorrências no ano de 2011 divulgado pela Delegacia do Idoso. Foram registrados 1.446 boletins de ocorrência, desses 84 resultaram em inquéritos e 68 indiciamentos.

 "Geralmente o usuário de drogas que, para manter o vício, vende objetos de valor da casa. Todos os dias registramos dezenas de casos como esses", diz o delegado Mauro André Carvalho. "Para esses casos temos tentado evitar que a violência chegue a extremos com medidas cautelares, muitas vezes retirando a pessoa de casa e até encaminhando para os hospitais que tratam de usuários de drogas, quando há vagas", conta.

 Os números do ano passado apontam a realização de 46 prisões, uma parte lavradas na Central de Flagrantes e outra pela delegacia especializada. Ao Poder Judiciário foram pedidas 38 medidas protetivas em caráter de urgência para garantir a integridade física e moral dos idosos.

 A maioria dos Boletins de Ocorrências são registrados na Delegacia do Idoso por vizinhos, parentes ou mesmo pelo próprio idoso que não aguenta mais as agressões.

Entretanto, a maior parte dos denunciantes ainda preferem o anonimato e fazem a denúcia pelo Disque 100, que é o canal de comunicação mantido pela Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República - inicialmente criado para denúncias de violência contra crianças, o contato também passou a ser usado para registrar ocorrências contra idoso, pessoas com deficiências e outra populações vitimi-zadas, como LGBT.

 "Sempre recebemos o comunicado de violência contra o idoso diretamente de Brasília, porque alguém utilizou o Disque 100 para fazer a denúncia. Além do Disque 100, quem quiser denúnciar também pode ligar no número 3216-5257", destaca o delegado.

Fonte: Sindcom Teresina

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fenascera Fecesc Fetracom-DF Fetrace Fetracom-PB Fetracs Fetracs-RN Fetracs RS Fenatrad Fetracom/MS Fenadados

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br