CONTRACS > ARTIGOS > NO ACAMPAMENTO DOS TRABALHADORES/AS EM BRASÍLIA, CONTRACS RESISTE AO GOLPE E LEVANTA A BANDEIRA CUTISTA EM COMEMORAÇÃO AOS SEUS 33 ANOS

No acampamento dos trabalhadores/as em Brasília, Contracs resiste ao golpe e levanta a bandeira CUTista em comemoração aos seus 33 anos

Escrito po: Alci Matos Araujo, presidente da Contracs

26/08/2016

Os 33 anos de existência da Central Única dos Trabalhadores (CUT) neste domingo, 28 de agosto, está carregado de símbolos e significados. Afinal, temos o quê comemorar enquanto o golpe se desfecha no Senado Federal e vemos nossa democracia sendo atacada ao mesmo tempo em que a primeira central sindical brasileira completa mais um ano de existência?

A Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços da CUT (Contracs/CUT) muito se orgulha de ser uma entidade orgânica à CUT e luta solidariamente ao lado da central em diversas pautas em defesa da classe trabalhadora. Seguimos os princípios CUTistas por acreditar na construção de um mundo justo, igual e com garantia de direitos.

Mas o cenário atual nos leva à luta. Com a retirada de direitos se aproximando, apostamos na resistência. Enquanto a CUT celebra seus 33 anos, a Contracs resgata os seus princípios fundantes e acampa na capital federal contra o golpe à democracia e aos direitos sociais conquistados e ampliados na última década durante os governos do PT.

Clamamos, neste domingo, contra o golpe e pela unificação dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil; da cidade e do campo; dos diversos setores e de todos os gêneros, raça, credo e etnias. Juntos, resistiremos não só ao golpe, mas lutaremos bravamente contra a retirada de direitos trabalhistas, sociais e democráticos.

A Contracs, no acampamento dos trabalhadores/as em Brasília contra o golpe, levanta a bandeira da CUT em comemoração aos seus 33 anos de luta e resiste ao golpe em nome do povo brasileiro e de toda a classe trabalhadora e em defesa ao voto de 54 milhões de cidadãos que elegeram Dilma.

Destacamos que estamos próximo às eleições municipais e se o golpe se confirmar, o direito ao voto de milhões de trabalhadores/as também estarão em cheque nas eleições de outubro.

Reafirmamos mais do que nunca o direito ao voto, à democracia e ao direito dos trabalhadores/as brasileiros neste domingo, 28 de agosto, data em que a CUT celebra seus 33 anos de luta.

Alci Matos Araujo, presidente da Contracs

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Aposentômetro Conexão Sindical Condomínio Facebook Twitter Contracs Rede Brasil Atual Fecesc Fetrace Fetracom-DF Fetracom-PB Fetracs-RN Fetracs Fetracs RS Fenatrad

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br