CONTRACS > ARTIGOS > 2018 – UM ANO DE GRANDES LUTAS ‘SEM VITÓRIAS’

2018 – Um ano de grandes lutas ‘sem vitórias’

Escrito po: Maria Regina Teodoro, diretora do Sindicato dos Trabalhadores Domésticos de Campinas e Região

27/11/2018

Precisamos dialogar com nossas bases para que não percamos as conquistas que ainda nos restam


Trabalhadoras domésticas, tivemos um ano de muitas lutas, mobilizações, atos e manifestações nas ruas acreditando que com a força do povo e dos movimentos sociais, da população ativista e dos movimentos de mulheres seria possível barrar o projeto de destruição que vens sendo implementado aos poucos no nosso país.

Um projeto que visa ao retrocesso de nossas conquistas. Querem reduzir nossa dignidade e nosso espaço na sociedade, de uma geração de jovens que estava conseguindo formação acadêmica na eminência de conquistar e disputar de igual para igual um cargo em qualquer instância. Muitas filhas e filhos de domésticas conseguiram se formar em várias áreas na universidade, muitas famílias conquistaram suas casas, moradia digna, observando quando temos dignidade para viver na possibilidade de automaticamente enxergar horizontes que ants não ousávamos pensar em sonhar.

O projeto de retrocesso venceu. Quem perdeu não foi apenas um partido político e sim toda a população, pois teremos que viver 20 anos sem políticas públicas. Esse foi o prazo apontado pela lei aprovada que congela investimentos em qualquer equipamento de atendimento ao povo, seja nas áreas de saúde, educação ou segurança. Não conseguiremos manter as crianças na escola com qualidade e corremos o risco de voltar ao analfabetismo e outras situações as quais só sentiremos quando cortar na nossa própria carne. Precisamos prestar atenção nas falas dos jornais. Sabem o que é privatização? É vender as riquezas do Brasil.

Isso não chega até nós, que teremos de comprar pagando em dólar pelas preciosidades que já temos, mas venderemos aos estrangeiros. Um exemplo é o gás de cozinha. Você se lembra quando ele aumentou tanto assim como agora?

Esse texto é para se ler várias vezes para entender e pensar como vamos nos organizar daqui para 2019. Temos que nos preparar agora para garantir as conquistas que ainda nos restam.

Trabalhadoras, vamos à luta!

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Facebook Twitter Contracs Fecesc Fetrace Fetracom-DF Fetracom-PB Fetracs-RN Conexão Sindical Rede Brasil Atual

Todos os Direitos Reservados © CONTRACS
Sede: Quadra 1, Bloco I, Edifício Central, salas 403 a 406 | Setor Comercial Sul | CEP: 70304-900 | Brasília | DF
Telefone:(55 61) 3225-6366 | Fax:(55 61) 3225-6280
Subsede: Avenida Celso Garcia, 3177 | Tatuapé | CEP: 03063-000 | São Paulo | SP
Telefones:(55 11) 2091-6620 / 2091-2253 / 2092-5515 / 2225-1368 | Fax:(55 11) 3209-7496
www.contracs.org.br | contracs@contracs.org.br