terça-feira, março 5, 2024

Lula leva os frutos de seu governo em viagens pelo Brasil

Leia também

Por Julimar Roberto*

O presidente Lula iniciou neste mês um ciclo de viagens pelo Brasil para entregar “a colheita” que foi plantada em 2023, no primeiro ano de seu terceiro mandato. Depois de priorizar as agendas internacionais no ano passado, para reconquistar o respaldo do Brasil no mundo, Lula agora se volta para o cenário doméstico.

A primeira fase das viagens será no Nordeste, região que deu a Lula uma expressiva vitória nas urnas em 2022, com mais de 69% dos votos válidos no segundo turno. O presidente tem uma relação histórica e afetiva com a região, que já percorreu diversas vezes em suas famosas Caravanas da Cidadania, iniciadas em 1993. Nessas viagens, o político conheceu de perto a realidade e as demandas de um povo até então esquecido, que sempre o acolheu com entusiasmo e esperança. As caravanas foram importantes para a construção de sua imagem como um líder popular e comprometido com as causas sociais. Lula não se esquece de suas origens, nem de seu povo. Por isso, ele volta ao Nordeste para agradecer, para prestar contas e para renovar seu compromisso com o desenvolvimento da região.

Numa reparação histórica, a região Nordeste tem sido uma das mais beneficiadas pelas políticas públicas de combate à fome, à pobreza e à desigualdade do Governo Federal, buscando reduzir as disparidades regionais, impostas pelos anos de invisibilidade e desprezo de governos anteriores, e valorizar a cultura e a identidade nordestinas. Suas viagens iniciam nos estados de Bahia, Pernambuco e Ceará, onde inaugurará obras e projetos do Novo PAC (Programa de Aceleração e Crescimento), como a refinaria Abreu e Lima, o Parque Tecnológico Aeroespacial e o campus do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

O presidente também aproveitará as viagens para dialogar com os governadores, os prefeitos, os parlamentares e os líderes sociais da região, buscando ampliar as alianças em torno de seu projeto de desenvolvimento nacional, que tem como eixo a soberania, a democracia e a inclusão.

As viagens de Lula pelo Brasil são um contraste com a postura do seu antecessor, que se isolou cada vez mais no poder, ignorando as demandas da população, especialmente dos mais pobres e vulneráveis, e se dedicando a promover crises institucionais, ataques à imprensa e à ciência, e manifestações antidemocráticas.

Nosso presidente, democraticamente eleito, mostra que tem uma visão de país, que respeita a diversidade e a pluralidade, e que está disposto a ouvir e a atender as necessidades do povo brasileiro. Lula colhe os frutos de seu governo com viagens pelo Brasil, mas também planta as sementes de um futuro melhor para todos, todas e todes.

*Julimar é comerciário e presidente da Contracs-CUT

spot_img

Últimas notícias