domingo, janeiro 29, 2023

SINDECHRSAM denuncia omissão do governo federal frente às crises no Amazonas

Leia também

O comércio não está tendo condições de manter seus funcionários, nem de pagar as rescisões e o desemprego já atingiu mais da metade da categoria

Nessa segunda (8), o Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro, Restaurantes e Bares do Estado do Amazonas (SINDECHRSAM) buscou a imprensa para denunciar o agravamento da crise econômica e sanitária por qual passa o estado.

Em entendimento da grande dificuldade financeira das empresas do ramo, o diretor-presidente do SINDECHRSAM, Gerson Almeida, expôs a situação na Rede Amazonas, e pediu providências às autoridades competentes.

“O comércio não está tendo condições de manter seus funcionários, nem de pagar as rescisões e, infelizmente, o desemprego já atingiu mais da metade da categoria”, lamentou.

Como solução imediata, o sindicato apontou a volta do auxílio emergencial para os trabalhadores e trabalhadoras e a oferta de uma linha de crédito desburocratizada para que as empresas busquem se estabilizar e manter seus empregados.

“O governo federal precisa assumir sua responsabilidade e tomar providências que amenizem a situação caótica em que se encontra o estado do Amazonas. As pessoas continuam morrendo de Covid-19 e vão passar a morrer de fome também”, finalizou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Últimas notícias