terça-feira, março 5, 2024

Feliz ano novo, Brasil!

Leia também

O ano de 2023 foi marcado por muitos desafios, mas também por muitas conquistas para o Brasil. Depois de um período de trevas, em que o país viveu uma crise política, econômica, social e ambiental sem precedentes, o povo brasileiro elegeu o presidente Lula, que trouxe de volta a democracia, os direitos humanos, o desenvolvimento sustentável e a soberania nacional.

Lula assumiu o governo com uma agenda de reconstrução nacional, baseada na geração de emprego e renda, na retomada do crescimento, na ampliação das políticas sociais, na defesa do meio ambiente, na valorização da educação, da ciência e da cultura, na integração regional e na cooperação internacional.

Em apenas um ano, o Brasil já colhe os frutos dessa mudança de rumo. A economia voltou a crescer, com a inflação sob controle e a redução da desigualdade. O salário mínimo foi reajustado acima da inflação e o Bolsa Família voltou para atender os mais vulneráveis. O país também avançou na saúde, vencendo a batalha contra a triste fase de atraso e negacionismo, e até a queda nas coberturas vacinais foi revertida.

Nossa “Terra Brasilis” também recuperou o seu protagonismo no cenário internacional, participando ativamente dos debates sobre as questões globais, como as mudanças climáticas, os direitos humanos, a paz e a segurança. O país se reaproximou dos seus vizinhos latino-americanos e caribenhos, fortalecendo a integração regional e a solidariedade entre os povos. O Brasil também retomou o diálogo com as grandes potências, buscando o multilateralismo e a cooperação para o desenvolvimento.

O ano de 2023 foi, portanto, um ano de esperança e ressurgimento para a nação brasileira. Um ano em que o povo pôde mostrar a sua força, a sua capacidade de superar as adversidades e de construir um futuro melhor. Um ano em que o Brasil voltou a ser feliz.

Mas ainda há muito a fazer. O ano de 2024 será um ano de novos desafios, mas também de novas oportunidades. Um ano em que o Brasil terá que consolidar as conquistas alcançadas e avançar nas reformas estruturais necessárias para o seu desenvolvimento. Um ano em que teremos que enfrentar as ameaças à democracia e à soberania, que ainda persistem no horizonte, principalmente com a chegada das eleições municipais.

Para isso, o Brasil precisará da unidade de todos os seus filhos e filhas, de todos os setores da sociedade, de todas as forças políticas comprometidas com o bem comum. Como nunca, nossa nação dependerá da participação popular, da mobilização social e da cidadania ativa. Nosso país dependerá da esperança, da resistência, da confiança e da coragem de seu povo.

O Brasil é maior do que qualquer crise. O Brasil é maior do que qualquer adversário. O Brasil é um país de todes e para todes. O Brasil é um país de futuro.

Feliz ano novo, Brasil!

spot_img

Últimas notícias